“Vivo Digital Labs nasceu para fomentar uma cultura de inovação”

A afirmação é do Head do Vivo Digital Labs & User Experience, Lucas Roberto Batista, que integra o quadro de palestrantes do Agile Day, dia dedicado às tendências ágeis do XIV Congresso Brasileiro de Gestão, Projetos e Liderança (CBGPL). O evento, promovido este ano pelo Capítulo PMI São Paulo, acontecerá em Campinas (SP) de 20 a 22 de maio.

Nossas decisões têm como base a visão dos clientes e as necessidades deles direcionam as soluções a serem implementadas, o que fortalece a conquista de resultados relevantes para empresa”, pontua Batista, que ministrará a palestra intitulada “Transformação digital, inovação e agilidade”, na tarde do dia 21 de maio.

Seu principal desafio é a implantação do projeto de aceleração da Transformação Digital da companhia, com frentes de Agile, Inovação e Lean UX, além da criação do Labs para estudos e desenvolvimento de novas tecnologias aplicadas para a experiência digital.

Confira a entrevista exclusiva do palestrante para a equipe do CBGPL 2019.


Em que etapa está a equipe de projetos ágeis da Vivo?

 

Lucas Roberto Batista – Sob o ponto de vista de gestão de projetos, a transformação digital na Vivo tem três fortes pilares: o design thinking, a metodologia ágil e o Lean UX. O design thinking nos ajuda a entender as necessidades de nossos clientes – estudamos e propomos jornadas que ofereçam a melhor experiência para o cliente. Os Squads atuam na construção desse conhecimento, bem como nas soluções propostas. Tudo isso fluindo em ciclos de aprendizado e de melhorias incrementais sustentados pela visão de Lean UX.

A Vivo vem evoluindo em sua transformação digital e conseguimos expandir o formato de trabalho em diversas frentes de atuação nos canais digitais de e-care e e-commerce da empresa. Além disso, promover a colaboração, a transparência e a criatividade foram conquistas fundamentais proporcionadas pelo novo mindset. Neste momento, estamos dedicados ao aperfeiçoamento do modelo de trabalho, fortalecendo a nova cultura e consolidando as melhores práticas.

 

Qual é o principal desafio da Vivo Labs pensando na integração de projetos ágeis, tecnologia e resultados?  

 

Lucas Roberto Batista  – Um dos principais desafios da transformação digital da Vivo é ampliar a cultura de inovação dentro de uma cultura tradicional, o que requer mudança de mentalidade, comportamento e também organizacional. Para isso, estamos implementando diversas iniciativas.

Há quase três anos promovemos uma grande mudança no modelo de trabalho e desenvolvimento de projetos com a implantação dos Squads, que deram mais velocidade à tomada de decisão, com o cliente no centro da decisão. Outro exemplo foi a criação do Vivo Digital Labs, no ano passado, que nasceu para fomentar uma cultura de inovação na Vivo.

Além de trabalharmos com o novo delivery model, criamos um ambiente de trabalho inovador que foi pensado para promover ainda mais o engajamento dos times. Nosso objetivo é acelerar a experiência digital de nossos clientes, com implementações ágeis onde cada vez mais clientes possam ter suas necessidades atendidas com as soluções implementadas. O desafio agora é escalar o ágil e o mindset para toda a empresa, continuando a ser referência deste novo modelo de trabalho, tanto em nível global quanto local, e contribuir para a mudança organizacional da companhia.

 

 

Se você pudesse focar a atenção em uma prática ágil que mais reflete em produtividade e resultados, qual seria?

 

Lucas Roberto Batista  – Nossa experiência mostra que a metodologia a ser aplicada depende muito da necessidade a ser atendida e do objetivo de negócio das áreas envolvidas. Existem inúmeros métodos que conseguem direcionar não apenas a estratégia, mas também a conquista de resultados.

Para as interações dos clientes no ambiente digital, o método Scrum nos trouxe um formato de trabalho que proporcionou desenvolvimentos em ciclos curtos e entregas contínuas de maior valor para o nosso cliente. Como mencionei anteriormente, implementamos os Squads, formados por times multidisciplinares, com a missão de criar ou aperfeiçoar as experiências digitais de nossos clientes no Meu Vivo e nas plataformas de e-commerce. O Vivo Digital Labs tem uma sala exclusiva para testes de usabilidade com nossos clientes.

Nossas decisões têm como base a visão dos clientes e as necessidades deles direcionam as soluções a serem implementadas, o que fortalece a conquista de resultados relevantes para empresa.

 

Esperamos que os congressistas extraiam, ao máximo, boas práticas e novas ideias durante o Agile Day. Para você, que papel esse tipo de encontro têm na transformação do mindset da comunidade?

 

Lucas Roberto Batista  – A transformação digital é uma oportunidade e um desafio para empresas de qualquer área de atuação. Neste sentido, a troca de experiências é fundamental para contribuir e apoiar outras companhias a avançar nessa transformação, pois, à medida que as empresas conquistam modelos de trabalho mais eficientes e conseguem criar e fortalecer uma cultura colaborativa em seus times, os resultados de seus negócios passam a ser relevantes para sociedade como todo.

Deste modo, compartilhar a experiência da Vivo e os aprendizados que experimentamos nos últimos anos, bem como os desafios que enfrentamos na nossa jornada da transformação digital, nos permite contribuir para esse despertar de mindset.


Inscreva-se para o CBGPL 2019CLIQUE AQUI

Deixe uma resposta